Saiba como ensinar as crianças a praticar a amizade

amizade
Imagem: Canstock.

A amizade na infância inaugura os relacionamentos dos pequenos fora do círculo familiar e é um fator importante para o amadurecimento e desenvolvimento das crianças ao ajudá-las a praticar os diferentes tipos de relações que terão na vida futura.

“É essencial proporcionar o convívio, desde cedo, com outras crianças e ensinar o valor da amizade, para que as crianças possam acessar novas emoções e desenvolver as relações afetivas. É saudável e importante para o seu crescimento praticar a amizade”, explica o empreendedor Marco Gregori.

“Com a amizade, eles aprendem a conviver com os outros, a dividir os brinquedos, a lidar com diferenças, a criar empatia e respeito pelo próximo, além de entender na prática o efeito da colaboração. São habilidades socioemocionais necessárias para a sobrevivência no século 21 e que farão diferença no futuro. Quem contar com elas certamente terá mais chances”, diz Gregori.

Se o seu filho for tímido, ele pode ser estimulado a fazer novas amizades ao frequentar locais onde há outras crianças de idades próximas como parques, ou ao participar de grupos nos quais se compartilha um mesmo interesse, como a prática de um esporte, por exemplo. Em todos os casos, é importante respeitar a personalidade de cada um.  “Devemos estimular relações harmoniosas e respeitosas. Não é a quantidade de amigos que importa, mas sim, a qualidade das relações”, lembra Gregori.  “Em tempos em que a contabilidade do número de amigos virou algo comum, por conta das redes sociais, é essencial que os pais deixem claro o que importa realmente: a força dos laços e não o número deles”, ressalta.

057amizade-2
Imagem: Canstock.

E como colaborar para que as crianças saibam criar amizades verdadeiramente harmoniosas e respeitosas?

 – Incentive as crianças a compartilhar seus brinquedos com os amigos. Isso vai ensiná-las que há felicidade em ver os amigos se divertindo;

– Estimule a demonstração de afeto e carinho e mostre que a amizade deve ser cultivada diariamente;

– Permita que a criança traga amigos para casa ou visite seus amigos. Esta aproximação fortalece a relação entre elas, além de garantir a interação entre os pais;

– Explique que a criança pode ser ela mesma com os amigos;

– Lembre aos pequenos que amizade não evita conflitos pontuais. Explique que o melhor caminho para solucioná-los é conversando e não brigando;

– Estimule os pequenos a torcerem pelos amigos e perceberem como a vitória deles faz bem. Isso ajuda a criança a entender que desejar o bem do amigo é desejar o bem a si mesma.

 

Fonte: Enciclopédia do Desenvolvimento sobre a Primeira Infância.

 

BANNER ESCOLAS DO BEM - APP