Os benefícios do aleitamento materno começam já na primeira hora de vida do recém-nascido

 “A amamentação logo após o nascimento é muito importante e independe do tipo de parto. Se a mãe e o bebê estão clinicamente estáveis não há contraindicações”, diz Patrícia Scalon, consultora e enfermeira da equipe do Grupo de Apoio de Aleitamento Materno da Maternidade São Luiz Itaim.

Confira quais são os benefícios do aleitamento materno na primeira hora de vida do bebê:

– Criação de vínculo entre mãe e filho;

– Contato físico (pele a pele) ajuda a regular a temperatura corporal do recém-nascido;

– É neste momento que o bebê entra em contato com a microbiata da mãe (bactérias do bem). Ou seja, todos os fatores de proteção da pele da mãe são passados para o recém-nascido;

– Primeiro colostro: a amamentação na primeira hora de vida permite que o bebê receba o colostro (primeiro leite). O colostro é a primeira secreção da mama, que desce logo após o parto. Por ser rico em anticorpos, sais minerais e proteínas, o colostro é muito importante para a proteção do recém-nascido. “É como se fosse a primeira vacina do bebê”, diz Patrícia.

Anúncios