Falta de rotina pode trazer desordem emocional para as crianças

canstockphoto25708055.jpg
Imagem: Casntock.

Criança precisa de rotina. E adultos também! Para a psicóloga e pedagoga Maria Drummond Gruppi, os hábitos garantem que elas não sejam pegas de surpresa. “É claro que não há como garantir que toda a vida seja pautada por eventos que aconteçam sempre da mesma maneira, mas os mais importantes do nosso dia a dia deveriam, sim, se enquadrar dentro de uma expectativa do que irá acontecer”, conta. “Devemos nos lembrar de que a criança não tem poder de decisão”.

 

Segundo a pedagoga, escolher causa angústia nos pequenos durante a primeira infância. Por esta razão, eles precisam saber e sentir que existe alguém decidindo por eles. Na escola, assim como em casa, é importante que a criança esteja a par do que ela irá fazer naquele dia para que possa se preparar. “Como será o seu dia? Ela vai poder assistir desenhos na TV ao chegar em casa? O jantar vem antes ou depois do banho? São perguntas que precisam ser respondidas todas as manhãs”.

655038.jpg
Imagem: StockImage.

Para ela, a criança também precisa ter momentos de ociosidade. Mas esses momentos também fazem parte da rotina. “Ela pode ter liberdade para brincar com coisas de sua preferência, desde que sejam coisas permitidas pelos pais e no horário determinado por eles”, diz Maria, com uma ressalva. “As crianças pequenas não toleram atividades com mais de 30 minutos”.

 

Pais organizados também são mais produtivos e este comportamento acaba sendo transmitido às crianças, simplesmente porque eles não sabem ser de outro jeito que não aquele. Por outro lado, diz a pedagoga, é impossível que pais que não têm rotina exijam que os filhos tenham uma. “Quando as coisas saem da ordem, a tendência é que os pequenos se desorganizem emocionalmente”.

 

O ideal, portanto, segundo a pedagoga, é de que a criança tenha uma rotina nem tão rígida, nem imensamente tolerante. “Fugir da rotina de vez em quando, tudo bem, mas que seja uma exceção e não a regra da casa e da escola! As crianças precisam ter tranquilidade para crescer e aprender”.

 

BANNER ESCOLAS DO BEM - APP