7 alimentos que enganam na hora de adotar hábitos mais saudáveis

in trouble
Imagem: Freepik.

Ao falar em mudar os hábitos alimentares das crianças, a primeira coisa que vem à cabeça é incluir alimentos mais saudáveis na alimentação. Porém, muitas vezes, os alimentos ditos “saudáveis” enganam e podem esconder várias pegadinhas na sua composição que não fazem bem para os pequenos.

A nutricionista Gabriella Gachet, preparou uma lista de alimentos que podem confundir na hora da dieta, dando a impressão de que os alimentos são saudáveis. Confira!

Sucos de caixinha

Na correria do dia a dia, pode parecer muito prático e saudável comprar sucos de caixinha para seu filho tomar no lugar do refrigerante, certo? O problema é que a maioria dos sucos prontos para beber possuem mais água, açúcar e conservantes do que fruta. O melhor é optar por sucos naturais, feitos em casa e consumidos na hora, ou pela própria fruta, que possui mais vitaminas, fibras e minerais quando é consumida inteira.

Barras de cereais

Outro alimento que facilmente é encontrado nas lancheira dos pequenos são as barrinhas de cereais. Mas elas também escondem muito açúcar e gordura em sua composição, principalmente as com cobertura de chocolate. O essencial é olhar no rótulo os ingredientes: os cereais integrais ou castanhas devem ser os primeiros da lista de ingredientes. Você pode fazer um mix de frutas secas em casa para substituir as barrinhas.

Peito de peru

O peito de peru pode não ser um alimento assim tão bom para quem está pensando em se alimentar melhor. Isso porque pode possuir teores elevados de gordura e sal. Frango desfiado, atum em conserva de água e queijos brancos são fontes de proteínas magras mais saudáveis que o peito de peru.

Biscoitos integrais

Novamente, o segredo está em olhar o rótulo. Se o primeiro ingrediente não for farinha integral, pode deixar na prateleira. Muitas marcas de biscoitos ditos integrais usam em suas receitas uma quantidade maior de farinha refinada do que de farinha integral. Fique atento também à quantidade de gordura, que pode ser alta. Sempre que possível, compare os produtos entre si para fazer uma escolha melhor.

Sopas instantâneas

Além da alta quantidade de sódio, que podem chegar a quase o triplo da ingestão recomendada em um dia, as sopas industrializadas não contêm os nutrientes presentes nos legumes frescos, como vitaminas e fibras. Elas podem até ser práticas e parecerem inofensivas, mas nada como uma boa sopa de legumes caseira.

Iogurtes e requeijão

Quanto menos ingredientes, melhor. Tanto o iogurte quanto o requeijão não devem apresentar nenhum tipo de farinha, como amido, ou gordura vegetal em sua composição. Evite dar aos pequenos iogurtes com caldas de frutas, normalmente feitas à base de açúcar, e os requeijões com sabores como cheddar ou gorgonzola, que podem mascarar a presença de gorduras e aromatizantes artificiais. Por isso, observe bem os ingredientes descritos nos rótulos de cada produto antes de comprar.

 

9722_01_A_810x400px_Banner-Mobile_Escolas-do-bem_Nutrifam