Família x Escola: A importância da participação dos pais no dia a dia escolar

mother-helping-her-daughter-to-draw_1098-2439
Foto: Freepik.

Nos dias de hoje, em que tanto os pais quanto as mães estão no mercado de trabalho, as crianças iniciam a vida escolar cada vez mais cedo. Contudo, esse não pode ser um motivo para não passar mais tempo com o próprio filho. “Terceirizar a educação das crianças à babá ou à escola pode influir negativamente no aprendizado da criança”, afirma Raison Pinheiro, Diretor de Consultoria Educacional do Sistema Ari de Sá (SAS).

De acordo com Raison, o melhor lugar para os filhos é perto dos pais. “Quanto mais tempo os filhos passarem com os pais melhor, porém, mesmo que não tenham muitas horas juntos por conta do trabalho, esse pouco tempo precisa ser de qualidade. A família educa, a escola ensina. Sem essa parceria as coisas não funcionam”, comenta.

 A escola e a família devem sempre buscar integração. Ajudar os filhos na lição de casa ou na leitura de um livro é um exercício que, além de contribuir para que alcancem boas notas, também é um momento importante em família, pois gera confiança entre todos, fazendo com que a criança saiba que pode sempre contar com a mãe e com o pai.

 “Os aparelhos tecnológicos, como computadores, celulares e tablets, também são boas oportunidades para aproveitar um tempo com os filhos, auxiliando-os em atividades escolares disponíveis nessas plataformas”, aconselha Raison Pinheiro. Entretanto, ele adverte que os eletrônicos podem ser uma ferramenta adicional para educar, mas não é a principal. “Sem tecnologia, uma criança se desenvolve sem grandes sacrifícios. Sem escola de qualidade, ela se desenvolve com algum sacrifício. Agora, sem pai e mãe presentes, ela se desenvolverá com muitas dificuldades. A família é insubstituível”, finaliza.

Confira 6 dicas para aproximar pais e filhos:

1) Manter sempre o diálogo – Ao chegar do trabalho, conte para seu filho como foi o seu dia e o deixe a vontade para contar o dele também. Assim, a amizade é fortalecida e, mesmo que não passem o dia todo juntos, tanto os pais quanto os filhos se sentirão mais presentes.

2) Praticar atividades juntos aos fins de semana – A tentação de passar o dia em casa no sábado ou domingo depois de uma longa semana de trabalho é grande, mas crianças precisam conhecer o que há ao redor, além da casa e escola. Então, programem-se para conhecer juntos a cidade em que vivem, indo a parques, ao cinema e museus com atividades recreativas.

3) Realizar as refeições em família – Os almoços durante a semana são realmente difíceis de conseguir juntar toda a família, mas as refeições do fim de semana e os jantares de segunda a sexta-feira são momentos ideais para a prática do diálogo.

4) Leitura antes de dormir – É importante, tanto para incentivar o gosto pela leitura quanto para aproximar pais e filhos. Mesmo que a criança ainda não saiba ler, leia para ela e mostre as figuras. Hoje em dia, muitos livros interagem com aplicativos lúdicos no celular e tablets.

5) Brincar ao chegar do trabalho – Ao chegar do trabalho, reserve um momento para brincar com seu filho. Há inúmeras brincadeiras que exercitam o raciocínio, como brinquedos de montar e massinha. Além disso, ao passar esse tempo com eles, os adultos relaxam do estresse do dia a dia e as crianças passam a enxergar os pais como amigos.

6) Ajudar na lição de casa – Quando os filhos começarem a ter lição de casa, é bastante importante que os pais sentem com eles e os ajudem a resolver os exercícios. É um momento de parceria nesta fase que indica o amadurecimento escolar da criança.

 

BANNER ESCOLAS DO BEM - APP