Gestantes estão mais propensas à infecção urinária

Durante a gravidez, a circulação sanguínea na região pélvica aumenta a umidade vaginal, facilitando a entrada de bactérias e, consequentemente, a infecção urinária. Ardor ao urinar e sensação de bexiga cheia estão entre os sintomas mais comuns da doença.

Para prevenir o problema, o ginecologista e obstetra Luís Henrique da Silva, do Hospital e Maternidade Assunção, indica uma higiene íntima adequada e aconselha que a bexiga seja esvaziada frequentemente, principalmente após a relação sexual. Medidas rotineiras como beber bastante água durante o dia, manter uma alimentação balanceada e dormir bem também ajudam a afastar infecções.

É necessário que as gestantes fiquem atentas para não sofrer com as infecções urinárias de repetição, que podem provocar trabalho de parto prematuro, diminuição do líquido amniótico e transmissão da infeção para o bebê.

Fonte: Luís Henrique da Silva, ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade Assunção.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s