Pilates traz diversos benefícios físicos e mentais para as crianças

 

Imagine uma criança de 9 anos: só pensa em brincar, não quer saber de parar uma hora por dia para estudar, tem dificuldade de ficar quieta dentro de casa, adora computador, é amável, mas indisciplinada. Pensando assim, a vida dela já é bem agitada. No entanto, praticar exercícios físicos regulares é muito importante para o desenvolvimento saudável. Qual é o melhor exercício? Natação, basquete, futebol, são opções que vêm logo à cabeça dos pais. Mas o que muitos não sabem é que o Pilates também é uma atividade física completa para as crianças.

Com a divulgação da prática principalmente por famosas como Luiza Brunet, Débora Secco e até Gisele Bündchen, o exercício ganha espaço entre as mulheres que procuram um corpo definido.  Além disso, o pilates vem sendo muito indicado por médicos na questão do fortalecimento muscular. Para as crianças a prática do pilates desde cedo traz inúmeros benefícios, que vão da melhora da saúde dos pequenos, até a melhora do comportamento em casa e na escola.

“Elas aprendem a postura correta, os músculos são fortalecidos e o método estimula a concentração. Favorece, e muito, no desenvolvimento infantil físico e mental”, ressalta a fisioterapeuta e instrutora de pilates Tânia Ferreira Leite Anhaia.

 

As crianças podem começar a prática do Pilates a partir de 4 anos, porém, Tânia explica que o método é melhor assimilado a partir dos 9 anos. “A criança entende melhor o próprio corpo”, ressaltou.

Quando os pequenos têm o primeiro contato com o estúdio de Pilates e seus equipamentos coloridos, logo se empolgam, mas os responsáveis ainda relutam para apresentar o método aos filhos. “Poucos adultos se deram conta da importância da prática do Pilates para melhora da qualidade de vida. Por isso, os filhos ainda não são estimulados o suficiente para esta prática”, comenta Gerônimo Miguel Cardia, o Tio Gê, instrutor de Pilates.

Receio por parte dos responsáveis também é outro ponto que desfavorece o conhecimento do método. “Os pais ainda têm medo de que o Pilates prejudique no desenvolvimento físico da criança, mas os exercícios para elas são diferentes e até mais leves. São focados na concentração, respiração e alongamento”, conta Tânia.

O Pilates é indicado duas vezes por semana, durante uma hora. Para o primeiro contato com a prática, os estúdios costumam oferecer avaliação física e aula experimental gratuita. E vale lembrar que o método é complemento de outros esportes. Aliado à natação, por exemplo, os benefícios para o desenvolvimento infantil são ainda maiores por aliar exercícios aeróbicos ao fortalecimento muscular.

 

OS BENEFÍCIOS

– Melhora a postura no dia a dia: estudar, ver televisão, carregar a mochila, ficar no computador;
– Desperta a criança para o conhecimento do próprio corpo;
– Aprimoramento da coordenação motora;
– Melhora a noção de espaço;
– Concentração;
– Alongamento;
– Flexibilidade;
– Estimula a boa circulação sanguínea.

 

Texto de Karla Torralba

Fontes: Tânia Ferreira Leite Anhaia, fisioterapeuta e instrutora de Pilates;
Gerônimo Miguel Cardia, professor de Educação Física e instrutor de Pilates.

 

 

810x400 instituto infancia-app3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s