Sete dicas para melhorar a saúde bucal das crianças

A saúde bucal da criança começa ainda dentro da barriga da mãe. Durante a gestação, bem como após o nascimento, todos os principais cuidados e meios de prevenção devem ser tomados. Veja as dicas do dentista Sanmy Saraiva para melhorar a saúde bucal das crianças!

1) Levar o bebê no dentista pode melhorar a relação entre mãe e filhos. Quando a criança nasce com dente ou enquanto pequenos, chamamos de neonatal. Nestes casos, os dentes machucam as mães na hora da amamentação e muitas vezes é necessário extrair ou desgastá-los para evitar dores e machucados sem comprometer este momento importante entre a mãe e o bebê.

2) Quando é necessário começar a escovar os dentes das crianças? A partir do momento que nasce o primeiro dente é necessário fazer a escovação. A diferença está nos períodos da criança e como fazer esta higienização. Começamos limpando com uma gase sem pasta quando são muito pequenos. Depois utilizamos uma dedeira que possui uma ponta de silicone com cerdas bem macias (ainda sem pasta). Neste mesmo período é importante começar a criar a relação entre a criança e a escova de dente.

3) A criança precisa utilizar fio dental também! Quando a criança faz isso desde pequena, ela já associa ao cotidiano, uma ação que precisa fazer todos os dias, como tomar banho, por exemplo. E o fio dental é tão importante quanto a escovação. As duas se complementam. Utilizar apenas um só não estão fazendo a higienização correta.

4) Mamadeira noturna causa problemas na saúde bucal. Após dar a mamadeira o correto é escovar os dentes do seu filho, pois nesses casos é muito comum o surgimento da doença chamada “cárie da mamadeira”, que é ocasionada pela consequência do resíduo de leite que fica na boca quando as crianças dormem. Este tipo de problema atinge toda a boca, e pode chegar a perda dos dentes de leite. Lembrando que cárie em criança é algo sério também, e pode evoluir para um canal e outros problemas mais complexos.

5) É importante a criança escovar os dentes sozinha, mas os pais precisam acompanhar. Depois de alguns anos a criança precisa ser estimulada a escovar os dentes sozinhos. Após a escovação os pais devem higienizar a boca dos filhos, para se certificar de que a limpeza foi feita corretamente. Esta rotina deve ser inserida na vida das crianças a partir dos dois anos de idade.

6) É imprescindível a mensagem dos pais sobre a importância da higiene bucal. Mas é necessário cortar alguns hábitos que prejudicam a saúde dos dentes. Evitar alguns costumes como: a mamadeira da noite e a ingestão de muito açúcar na fase infantil é essencial para manter a boca mais saudável, juntamente com o ensinamento dos pais sobre a importância da higienização na vida dos filhos desde sempre.

7) Criança precisa ir ao dentista. Não é apenas quando está com dor que os pais precisam levar ao profissional, isso é o erro mais comum que dá início ao medo em relação ao dentista. Quando os pais ensinam os filhos da importância dos cuidados com a boca, incentivando a ida ao profissional, ele conhece o consultório e tem uma experiência agradável, o que naturalmente ele vai se sentir mais confortável para ir novamente.

Fonte: Sanmy Saraiva, dentista.

 

810x400 instituto infancia-app3