Cinco motivos para ler com as crianças

Dificilmente lembramos como e quando aprendemos a ler. Na memória, trazemos, talvez, aquele momento em que de repente as letras começaram a fazer sentido para nós. O contato com as histórias antes de saber ler, geralmente, influencia muito a relação que teremos depois com a leitura. Se não lembramos como aprendemos, como ensinar? É preciso ler sempre com as crianças. Leitores-modelo serão as referências de maior impacto para os pequenos.

 Veja 5 grandes motivações para ler para as crianças, mesmo quando elas ainda não sabem:

1)      Leia por prazer

 Vincule a leitura a um momento divertido e afetivo em família. Isso pode ser feito desde as primeiras semanas de vida. O gosto por esses momentos é um fator de peso no sucesso da alfabetização, no desenvolvimento do hábito a leitura, no contato amistoso com os livros. Além desse ganho, momentos assim ainda fortalecem os laços afetivos entre os membros da família.

2)   Leia para desenvolver a imaginação

 As histórias ajudam a conectarmos a fantasia e a realidade de forma criativa, ampliando o universo imaginário da criança.
Lemos para desenvolver um olhar mais observador, por isso, atenção aos detalhes, características e padrões, esses são alguns dos elementos que passam a fazer parte da relação da criança com o mundo.

3)   Leia para desenvolver senso artístico

 Reconhecer histórias de todos os tipos e gêneros. Estabelecer uma noção mais crítica do que é um texto de qualidade. A intimidade com o universo da leitura expande esse olhar mais apurado que podemos ter para o mundo. Além de ampliar e enriquecer experiências. Por meio dos livros, podemos chegar a qualquer lugar e a conhecer a fundo múltiplas realidades.

4)   Leia para desenvolver as habilidades linguísticas e raciocínio

 Além da intensa ampliação de vocabulário, os momentos de leitura desenvolvem a atenção, a escuta, as noções de sequência, as habilidades orais e, mais para frente, as habilidades escritas. É muita coisa boa envolvida numa leitura.

Se não temos consciência de como funciona a nossa leitura, tentemos então dividir o processo em pequenos pedaços. O que pensei quando li o título e observei a capa do livro? Quais as perguntas que faço enquanto leio? O que será que vai acontecer na próxima página? O que será que essa palavra significa neste contexto? Faça perguntas deste tipo em voz alta enquanto lê com as crianças. Elas podem mostrar um caminho de raciocínio para suas próximas leituras.

5)   Leia para informar

 Não é só de ficção que vivem os leitores. Textos científicos e informativos podem ser um excelente trampolim para um bom relacionamento com a leitura. Trazer assuntos dinâmicos como descobertas científicas e tecnológicas para o momento de leitura é uma forma de estimular a curiosidade e a vontade de saber mais.

 

Fonte: Joca.

 

 

Anúncios