O que a falta do brincar na natureza pode causar em nossas crianças?

Muitos fatores tem sido apontados como sabotadores do tempo do brincar livre da criança. Entre eles, podemos destacar o uso precoce e excessivo da tecnologia.

As crianças brasileiras, segundo dados do relatório Children & Nature Network, estão entre aquelas que têm menos contato com a natureza. Doenças que passaram a ser comum entre as crianças nos dias de hoje, tais como transtorno de hiperatividade, déficit de atenção, depressão, pressão alta e diabetes, estão diretamente ligadas com a falta de natureza.

Problemas que a falta do brincar pode causar:

– obesidade infantil, associada a maus hábitos alimentares
– musculatura fraca, pela falta de atividade física

– falta de equilíbrio, pelo predomínio de pisos lisos, cimentados que oferecem pouca oportunidade de instabilidade na movimentação corporal
– deficiência de vitamina D
– aumento de incidência de miopia
– menor uso dos sentidos
– ansiedade

Segunda Ana Lúcia Machado, educadora e coordenadora do projeto “Playoutside – alegria de brincar na natureza”, a primeira tarefa da educação é ensinar a ver. “Através do olhar estabelecemos contato com a exuberância e beleza que há no mundo. A conexão com a natureza gera alegria e reverência. Traz a consciência de pertencimento, de que estamos ligados ao todo”, ressalta.

Fonte: 4daddy.com.br.

 

 

 

259.7_Institucional_EscolasDoBem_Post_810x400px

Anúncios