Você dá liberdade à criança para explorar o mundo fora de casa e da escola?

O filósofo e psicólogo Tim Gill defende que é urgente repensarmos a infância, concedendo às crianças mais liberdade para que não percam a conexão com o mundo, transformando-se em adultos mais solitários e inseguros.

Por isso, ele também se preocupa em encontrar maneiras de transformar as cidades em espaços amigáveis, que acolham e respeitem os pequenos.

crianca-brincando-liberdade

Sobre a nossa sociedade e a relação com as crianças, Tim acredita que os tempos modernos transformaram a vida dos pequenos em uma espécie de efeito colateral.

“Muita coisa mudou e nós, adultos, não nos ativemos ao impacto disso tudo na infância. Um exemplo é o brincar que, cada vez mais, se distancia das atividades ao ar livre. As crianças estão perdendo a chance de explorar o bairro, conviver com os amigos”.

Mas de que forma, por exemplo, adultos da cidade grande podem agir, sem medo dos perigos que ela oferece? Tim acredita que é preciso que pais, educadores e todos que reconheçam a importância de uma infância mais conectada com o mundo externo devam se unir e se organizar.

criança-natureza-livre

“Os pais organizam o fechamento temporário de ruas com a administração municipal. Durante algumas horas por semana, as crianças brincam na rua onde moram. É um bom exemplo de como os pais podem fazer diferença”, opina.

E qual o papel da escola para que a criança brinque mais ao ar livre, fora do ambiente escolar? Tim é categórico. “É possível ensinar qualquer coisa ao ar livre: Português, Matemática ou História. A mensagem aos professores é tentem e busquem material e exemplos, pois há muitos educadores que já estão fazendo isso de maneira muito bem-sucedida”.

Ele também faz uma análise sobre o uso do tempo do recreio para ampliar as conexões das crianças. “Acho que é preciso oferecer opções mais ricas aos alunos. Isso pode incluir desde a mudança do design da área externa até trazer diferentes elementos para as crianças brincarem”

Tim acredita que o objetivo é que as crianças brinquem com estas coisas e tenham uma experiência rica, cheia de descobertas. “Há muitas ideias, que podem ser diversas em diferentes lugares do mundo, mas o primeiro passo é reconhecer a importância desse momento ao ar livre para as crianças brincarem livremente”, completa.

Fonte: 4daddy.

Este conteúdo é compartilhado pelo Programa Escolas do Bem, do Instituto Noa.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s