Mitos e verdades sobre gravidez gemelar

Quando a gestante descobre que está grávida de gêmeos é sempre uma surpresa. Na gravidez gemelar tudo acontece em dobro: os sintomas, as dores e, principalmente, o amor.

Para acalmar as futuras mamães e informar as tentantes, o Dr. Alberto D’Áuria, ginecologista e obstetra, esclarece alguns mitos e verdades sobre esse tipo de gestação. Veja!

Como ocorre a gravidez gemelar? Existem duas possibilidades: a primeira é quando um único óvulo é fecundado e o embrião é duplicado, gerando gêmeos univitelinos (os chamados gêmeos idênticos); outro caso é quando dois óvulos são fecundados, gerando os gêmeos bivitelinos (não idênticos).

Os sintomas da gravidez gemelar são diferentes. Verdade. A gestante produz hormônio de forma duplicada. Elas terão mais chance de apresentar hiperemese gravídica, maior aumento do abdome, problemas posturais precoces, mais dores abdominais, mais dificuldade nos deslocamentos. Os cuidados precisam ser maiores.

Identical twin boys
Conheça os mitos e verdades da gravidez gemelar. (Foto: Pixabay)

Se eu tenho caso de gêmeos na família, a chance de eu ter é maior. Verdade. O histórico de gêmeos na família da mulher pode influenciar na gravidez, pois já existe uma tendência que, durante a ovulação, essa mulher libere mais de um óvulo. Exceto quando os gêmeos foram fecundados a partir de uma fertilização in vitro.

Existem alimentos que estimulam a gravidez gemelar. Mito. A liberação de óvulos não tem a ver com alimentação.

Mulheres mais velhas tem maior chance de ter gêmeos. Verdade. Tanto de forma espontânea, quanto na reprodução assistida, as chances de ter gêmeos são maiores.

Gravidez de gêmeos dura menos. Depende. Normalmente, as gestações gemelares tendem a ser prematuras, porque a placenta não está preparada para receber mais de um feto de cada vez.

Quando a gestante entra na 30ª semana, já é importante que o médico se preocupe em acelerar a atividade pulmonar dos fetos. Isso é feito com medicamentos já pensando na possível prematuridade dos bebês.

O trabalho de parto é igual. Mito. O trabalho de parto é igual, porém, com o volume do útero quase que duplicado, a intensidade e a frequência das contrações podem ter comportamentos diferentes de uma gestação de feto único.

É mais improvável ter parto normal. Verdade. O trabalho de parto é mais difícil na gravidez gemelar e, além disso, o segundo feto pode ser prejudicado, dependendo do tempo que o primeiro demorar. Só quando o primeiro sai que o segundo consegue começar a se encaixar na posição correta para o parto.

Qualquer gravidez múltipla (gêmeos, trigêmeos, quíntuplos) ocorre da mesma forma? Mito. Quanto maior o número de fetos, maior a chance de complicações.

Gravidez gemelar tem mais riscos. Verdade. Com a evolução humana, o corpo da mulher passou por inúmeras modificações que resultaram na diminuição da capacidade ter gestações múltiplas.

De acordo com D’Áuria, “ter um bom acompanhamento pré-natal para que o médico indique a melhor forma de lidar ou prevenir com cada uma das eventuais intercorrências é essencial. É feita uma dieta para a gestante com adequação calórica, redução de ingestão de sal, uso de magnésio, vitamina D, ômega 3”.

O especialista recomenda que a mulher realize exercícios físicos durante a gravidez e que o médico tenha uma atenção na atividade da tireoide. “Além disso, ela vai precisar de mais repouso e, provavelmente, deve se afastar antes para sua licença maternidade”, conclui o médico.

Fonte: Dr. Alberto D’Áuria, ginecologista e obstetra da Maternidade Pro Matre Paulista.

Este conteúdo é compartilhado pelo Programa Escolas do Bem, do Instituto Noa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s